Terça, 12 de dezembro de 201712/12/2017
82 99913 3591
Muito nublado
21º
23º
32º
Uniao Dos Palmares - AL
Erro ao processar!
Prefeitura
POLÍTICA
Declaração do Gen. Hamilton deixa políticos com medo
Após declaração do Gen Hamilton Mourão PT com medo de uma possível Intervenção Militar emite Nota
Redação União dos Palmares - AL
Postada em 18/09/2017 ás 08h18 - atualizada em 18/09/2017 ás 08h28
 Declaração do Gen. Hamilton deixa políticos com medo

Foto Reprodução

O PT (Partido dos Trabalhadoes) emitiu nota após declaração do Gen. Hamilton Mourão sobre a atual situação politica do Brasil onde o General fala de uma possivel intervenção militar caso a justiça não tire da vida publica esses "ELEMENTOS" . O general afirmou ainda: "Então, se tiver que haver, haverá [ação militar]. Mas hoje nós consideramos que as aproximações sucessivas terão que ser feitas". Segundo o general, o Exército teria "planejamentos muito bem feitos" sobre o assunto, mas não os detalhou.


 "Até chegar o momento em que ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso."


Leia a nota na íntegra:


Em defesa da Democracia e da Constituição


O Partido dos Trabalhadores conclama as forças democráticas do País a repelir, com veemência, a gravíssima manifestação do general chefe da Secretaria de Economia e Finanças do Exército Brasileiro, Hamilton Mourão.


Ao pregar publicamente uma intervenção das Forças Armadas sobre as instituições da República, um novo golpemilitar, este oficial não só desrespeita os regulamentos disciplinares, mas fere frontalmente a Constituição e ameaça seriamente a Democracia.


O episódio, ocorrido sexta-feira (16) numa reunião em Brasília, é ainda mais grave porque o general Mourão afirma que suas posições correspondem às do Comandante Geral e do Alto Comando do Exército.


Cabe recordar que, em outubro de 2015, por fazer manifestação no mesmo sentido antidemocrático, este personagem foi punido com a perda do Comando Militar do Sul, o que demonstrou, na época, o isolamento de suas posições.


A nova transgressão requereria imediatas providências por parte do Comando-Geral do Exército e do Ministério da Defesa, para ratificar o compromisso das Forças Armadas com a Constituição e impedir que fatos como estes se repitam. Preocupa, em especial, a omissão do governo golpista ante esse fato gravíssimo, pois até agora não houve manifestação ou ação das autoridades competentes em relação ao assunto.


O que o Brasil precisa é recuperar o processo democrático rompido com o golpe do impeachment; precisa de eleições diretas com a participação de todas as forças políticas, e não retornar a um passado sombrio que tanto custou superar.


Gleisi Hoffmann
Presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores

FONTE: Redação
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
imprimir
283
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium