Segunda, 23 de outubro de 201723/10/2017
82 99913 3591
Muito nublado
16º
26º
27º
Uniao Dos Palmares - AL
dólar R$ 3,21
euro R$ 3,77
Prefeitura
CIÊNCIAS
“LEVA DE DEMISSÕES” poderá ser a solução para equilibrar as contas da prefeitura de Piaçabuçu
Prefeito de Piaçabuçu também adere a cortes e demissões para cortar gastos
Redação União dos Palmares - AL
Postada em 17/09/2017 ás 21h04 - atualizada em 17/09/2017 ás 21h07
“LEVA DE DEMISSÕES” poderá ser a solução para equilibrar as contas da prefeitura de Piaçabuçu

Com a queda livre do FPM para esses próximos três meses e sem recurso próprio, o atual cenário em Piaçabuçu aponta para uma “leva de demissões”, 


Uma pessoa ligada a gestão confirmou a redação do Piaçabuçu News, que o prefeito Djalma Beltrão PRB), já ligou o “alerta vermelho”, a ordem é “apertar o cinto” e evitar gastos desnecessários e avisou o alto escalão que os cortes das gratificações,  demissões de alguns dos contratados e exonerações dos comissionados poderá ser a saída encontrada para equilibrar as contas municipais.



Fonte – Demonstrativo de Distribuição da Arrecadação – [bb.com.br] – https://www42.bb.com.br/portalbb/daf/beneficiarioList,802,4647,4652,0,1,1.bbx?cid=2817


O que apuramos até o momento, porém,  não é confirmado oficialmente, é que será feita uma ultima alternativa com os cortes imediatos das gratificações e horas extras de todos servidores contemplados, tentando assim,  segurar até o final do ano com todos contratados, porém será difícil, uma missão quase impossível. E é aguardada uma serie de demissões que pode chegar 50% dos contratados e comissionados nos próximos meses.


“O prefeito Djalma Beltrão está tomando as medidas necessárias para enfrentar a crise financeira tão temida pela população de Piaçabuçu, e que eventuais cortes na administração não irão afetar a oferta de serviços essenciais”,  garantiu uma pessoa ligada a gestão.


OBSERVAÇÃO IMPORTANTE:


Vale ressaltar que em setembro de 2016 na primeira semana do mês, o valor da receita era de 766.367,21 mil,  comparando ao mesmo período de setembro de 2017 que foi de  1.071.918,46 milhões.Assim, um aumento considerável de mais de 300 mil na atual receita.



Fonte – Demonstrativo de Distribuição da Arrecadação – [bb.com.br] – https://www42.bb.com.br/portalbb/daf/beneficiarioList,802,4647,4652,0,1,1.bbx?cid=2817


TEM FUNDAMENTO – AMA 


Por meio da assessoria de comunicação, a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), explicou que houve redução do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e recursos federais para obras e programas assistenciais.


Até o momento, dois municípios de Alagoas já anunciaram que pretendem demitir servidores comissionados para garantir o pagamento da folha salarial: União dos Palmares e Delmiro Gouveia. Para a AMA, a situação é preocupante e há o temor de que mais prefeituras adotem esse tipo de medida para equilibrar suas contas.


“Alguns prefeitos estão dizendo que essa é a saída, mas o que se tem de confirmado são só União e Delmiro. A AMA tem recomendado cautela, mas a situação é difícil. A previsão para outubro não é boa porque vem amis uma redução de FPM e estamos chegando no mês de pagar o 13º salário. A economia também não reage”, diz a Associação, atualmente presidida pelo prefeito Hugo Wanderley.


De acordo com a AMA, os prefeitos estão preocupados em manter os programas sociais por causa da diminuição dos repasses federais. Fora as obras que estão via de parar ou já pararam. Daí a demissão de servidores comissionados estar no horizonte de muitos prefeitos.


A redução de FPM para Alagoas é de R$ 24.194.616,24.

FONTE: Piaçabuçu News
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium