Sexta, 20 de abril de 2018
82 99913 3591
Brasil

30/08/2017 ás 07h31 - atualizada em 30/08/2017 ás 10h31

172

Redação

União dos Palmares / AL

Lula pretende acusar Moro de cerceamento de defesa
O juiz federal recusou a troca de testemunha do ex-presidente Lula
Lula pretende acusar Moro de cerceamento de defesa
© Reuters

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva avaliam acusar Sergio Moro de cerceamento de defesa. O juiz federal, responsável pela Operação Lava Jato em primeira instância, negou o pedido para que Rodrigo Tacla Durán fosse ouvido como testemunha do petista.



De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a defesa de Lula pretende argumentar que Moro se contradiz ao tomar a decisão. Moro se recusou a ouvir novas testemunhas sobre o recebimento de propina da OAS na forma de um tríplex no Guarujá e do alojamento de bens que acumulou durante a Presidência. No despacho, o juiz diz serem “desnecessárias” novas diligências.


A defesa alega que a palavra de um criminoso serve para condenar; já a palavra de um acusado não serve para esclarecer fatos relevantes da Lava Jato.

FONTE: Notícias ao Minuto

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium